O Caminho da Servidão: Um trabalho clássico sobre os perigos do socialismo

O Caminho da Servidão é uma obra clássica sobre os perigos do socialismo, publicada pela primeira vez em 1944. O livro foi escrito pelo economista austríaco Friedrich Hayek, e tornou-se um bestseller instantâneo. The Road to Serfdom mostra-nos que o planeamento económico não é apenas um tema de valor académico, mas também um objecto de estudo e de interesse público e governamental. Hayek argumenta que todas as formas de colectivismo conduzem inevitavelmente à tirania e à supressão das liberdades, como observado no nazismo alemão, no regime socialista da União Soviética, e nos países do bloco comunista.O autor demonstra que uma política intervencionista, que é uma ameaça permanente à liberdade e à prosperidade, conduz inevitavelmente à perda da liberdade individual. A obra mostra-nos com grande clareza como o planeamento económico implica planeamento político e porque é que todas as formas de colectivismo conduzem numa direcção: em direcção à servidão. De uma forma ou de outra, os argumentos de Hayek ainda hoje são válidos, especialmente quando vemos o enorme crescimento nos gastos do governo durante esta crise pandémica

Aqui no Humberto Soto Economics escrevi outros artigos relacionados com o socialismo e os seus efeitos no desenvolvimento económico, como a experiência da Venezuela com o socialismo (clique aqui), onde podemos observar como tem conduzido este país para a pobreza em vez da riqueza; também sobre o George Orwell»s e audiolibroya.com

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.